Vídeos de Paulo Bernardo sobre Carta Capital, Beto Richa, MP Portos e Petrobrás

Durante entrevista ao Jogo do Poder PR no último domingo (07/04), o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardofalou sobre a MP dos Portos, Petrobrás, conjuntura econômica e fez críticas a uma matéria recentemente publicada pela revista Carta Capital.

A revista veiculoucríticas de setores do PT sobre suposta ausência de empenho do ministro no encaminhamento do projeto de regulamentação da mídia e da desoneração tributária do setor de telecomunicação, ao mesmo tempo em que critica a Ministra Helena Chagas em relação a distribuição de verbas publicitárias do Governo.
Sobre a matéria veiculada Paulo Bernardo esclareceu que é defensor da proposta petista de regulação da mídia e que o assunto está sendo encaminhado pelo governo sem atropelo.
O Ministro afirmou ainda que certos setores da esquerda reclamam da PIG (imprensa golpista) e depois acabam agindo “com as mesmas práticas”, o que é estranhamente contraditório. 

Paulo Bernardo também criticou o fato da matéria ter misturado a questão da regulação da mídia e desoneração das empresas de telecomunicações com distribuição de verbas publicitárias, situação que pode levar alguém a acreditar que a revista está querendo mais verbas do governo.
CLIQUE AQUI e assista a entrevista na íntegra.

Os vídeos com os tópicos da entrevista em separado:

Sobre Beto Richa – Sobre o Paraná, Paulo Bernardo voltou a afirmar que o Governador Beto Richa não está trabalhando como deveria, “vai toda hora para Foz do Iguaçu”, “faz festa”, e não vai a Brasília levar projetos que possam beneficiar o Paraná. O Ministro afirmou que os ministros do Paraná, que estão no Governo Dilma estão e sempre estiveram à disposição do Paraná, citando o exemplo do projeto do Metro de Curitiba – que só saiu por ação dos ministros – e da recente criação do TRF, mas que Beto não os utiliza.
Aqui no Paraná, o governo do Estado, o governo do Beto Richa, perdeu dois anos. Eles podiam ter feito projetos no primeiro ano e ter apresentado”, ressaltou o ministro. “Ele não trabalha, ele não faz o trabalho com a bancada, não vai atrás, não pede para os parlamentares brigarem. Não apresenta suas credenciais, seus projetos. Ele perdeu tempo e agora quer ganhar no grito”, comentou o ministro.
CLIQUE AQUIe assista o trecho da entrevista.
Sobre a Petrobrás – Paulo Bernardo comentou que a Petrobrás enfrentou uma conjuntura desfavorável no ano passado. “Eu não tenho dúvida nenhuma de que ela continuará sendo uma das pontas mais vizíveis, mais importantes do mercado das ações do Brasil”, enfatizou.
CLIQUE AQUI e assista o trecho da entrevista.
MP dos Portos – O ministro destacou que o Brasil é um dos maiores exportadores de alimentos e a tendência é ser o maior. Nós já somos o maior exportador de soja, o terceiro de milho e o maior de frango, equeremos também, exportar cada vez mais produtos industriais. Para isso, nósprecisamos de logística, rodovia boa, ferrovia boa e de portos bons, que funcionemcom rapidez, agilidadee com custo razoável”, destacou o ministro.
Sobre a medida provisória encaminhada pela presidenta Dilma para o Congresso, Paulo Bernardo disse ser uma medida corajosa e destacou que “o Governo não mecheu uma vírgula no direito dos trabalhadores”. Quanto ao fato da privatização, Paulo Bernardo destacou que já existe várias empresas dentro dos portos. “Nós queremos que outras empresas possam construir terminais e concorrer com essas já estabelecidas. Isso vai melhorar a competição dentro dos portos, melhorando os preços”, disse.
CLIQUE AQUIe assista o trecho da entrevista.
JOGO DO PODER – No próximo domingo (14/04), Luiz Carlos da Rocha entrevista no Jogo do Poder Paraná o economista e consultor, Luiz Antonio Fayet, que vai falar sobre infraestrutura no Brasil e MP dos Portos. A entrevistavai ao ar a partir das 23h, na Rede CNT (Canal 06, em Curitiba).


TWITTER: @jogodopoderpr

FACEBOOK: JP Jogo do Poder