100 DIAS DE RENAN NA PRESIDÊNCIA DO SENADO

Em balanço dos primeiros 100 dias à frente da Casa, na sessão desta quinta-feira (9), o presidente Renan Calheiros destacou medidas nas áreas administrativa e legislativa. Para ele, é fundamental “diminuir o gigantismo do Senado”, de modo a garantir a eficiência do trabalho legislativo. As medidas, segundo Renan, receberam acolhida positiva de 80% da população, conforme pesquisa de opinião pública.
– Avançamos bastante, mas ainda não estamos confortáveis. Há ainda muitos desperdícios e vícios no Senado que precisam ser corrigidos. Apenas instituições abertas a críticas mantém a sua credibilidade – disse.
Fazem parte da política de redução de despesas o corte de funções gratificadas, a fusão de áreas correlatas e a extinção do Serviço Médico, entre outras. Também foram adotadas medidas para facilitar o acesso da sociedade às informações a respeito da administração do Senado, como a criação da Comissão de Transparência.
No âmbito legislativo, a Casa reforçou as regras para estabelecer que ministros e dirigentes de agências reguladoras prestem contas de suas atividades, e decidiu avaliar periodicamente a funcionalidade do Sistema Tributário Nacional, além de dedicar-se a regulamentar dispositivos constitucionais que ainda dependem de detalhamento (Site Senado).