DILMA, RENAN E HENRIQUE ALVES CONCORDAM NOS PRAZOS DAS MEDIDAS PROVISÓRIAS

Em reunião nesta terça-feira (4) com o presidente do Senado, Renan Calheiros,  e da Câmara, Henrique Alves, a presidenta Dilma Rousseff manifestou concordância com a decisão de Renan, em cumprimento a decisão da própria, Casa de não votar às pressas medidas provisórias aprovadas pela Câmara perto do prazo final validade.

Renan informou ainda que o governo vai encaminhar por projeto de lei, e não por medida provisória, o marco regulatório da mineração.

O vice-líder da minoria, senador Cyro Miranda, do PSDB de Goiás, elogiou a decisão do Palácio do Planalto de enviar projeto de lei e não MP ao Congresso. – Estamos pedindo isso há mais de três anos. Através de projeto de lei, temos a chance de discutir. Medida provisória não se discute, é imposta. Todas as matérias que o governo quiser mandar serão bem-vindas através de projeto de lei. Ele terá uma ampla discussão e a chance de acertarmos será muito maior – disse.