Indicado para o Nobel da Paz diz: “Estão loucos”

0606mujica.jpg

“Estão loucos. Que prêmio da paz, nem prêmio de nada”, reagiu o presidente do Uruguai, Pepe Mujica, ao ser indicado para concorrer ao Prêmio Nobel da Paz. A ONG holandesa Drugs Peace Institute indicou Mujica por sua iniciativa de outorgar ao Estado o controle da produção, distribuição e comercialização de maconha para lutar contra o tráfico de drogas.

“Se me derem um prêmio desses seria uma honra para os humildes do Uruguai para conseguirem uns pesos a mais para fazer casinhas… No Uruguai temos muitas mulheres sozinhas com 4, 5 filhos porque os homens as abandonaram e lutamos para que possam ter um teto digno… Bom, para isso teria sentido. Mas a paz se leva dentro, e o prêmio eu já tenho. O prêmio está nas ruas do meu país. No abraço dos meus companheiros, nas casas humildes, nos bares, nas pessoas comuns. No meu país eu caminho pela rua e vou comer em qualquer bar sem essa parafernália de gente de Estado”, completou Mujica.