NOIVADO: VOTORANTIM ASSINA PROTOCOLO DE INTENÇÃO PARA DUPLICAÇÃO DA RODOVIA DOS MINÉRIOS

Crédito: Cristina Seciuk

 

O Governo do Estado viabilizou a duplicação do trecho da PR-092 que liga Curitiba, Almirante Tamandaré, Itaperuçu e Rio Branco do Sul em parceria com o Grupo Votorantim. O protocolo de intenções para a realização da obra foi assinado nesta segunda-feira (29/07) pelo governador Beto Richa e o diretor jurídico da Votorantim Cimentos, Ricardo Cavallo.

A previsão de investimento é de R$ 181 milhões na duplicação de 28,7 quilômetros na PR-092. Pelo acordo, os recursos que a empresa irá investir serão descontados do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias, Bens e Serviço (ICMS) que a indústria teria que recolher ao Estado. É a chamada operação de crédito outorgado.

Para o secretário da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, o acordo com a empresa revela a preocupação do Governo do Paraná em resolver os problemas logísticos que ainda existem no Estado. “Este modelo atende às necessidades do Estado e da empresa. Mas, principalmente, é uma resposta à demanda de milhares de pessoas que há décadas esperavam por esta obra”, disse.

Veja o que o Blog já postou sobre o tema:

30.04.2013

VOTORANTIM DUPLICARÁ RODOVIA DOS MINÉRIOS

O Grupo Votorantim vai duplicar 28,7 quilometros da Rodovia dos Minérios – entre Curitiba, Almirante Tamandaré e Itaperuçu – num investimento de R$ 181 milhões.
A empresa tem fábrica no local e pelo volume de utilização da estrada, em razão também do volume de produção, a duplicação vai agilizar o escoamento de sua produção.
Na verdade, eis uma hipótese em que um usuário deveria pagar pelo uso do equipamento público, mas, no caso, a empresa será beneficiária com abatimento do ICMS.
A forma de cálculo e como será composta a planilha do desconto não foi anunciada, mas é uma boa forma – criativa – de desonerar a administração pública da realização de obras para as quais sabidamente não dispõe de recursos.
A duplicação anunciada deverá melhorar a ligação entre as cidades, diminuir o tempo de deslocamento do transporte coletivo e trazer mais segurança aos motoristas e conforto aos passageiros.