LULA PRESERVADO DOS EFEITOS DAS MANIFESTAÇÕES DE RUA

O ex-presidente Lula entrou quieto e saiu calado das manifestações de rua. Fenômeno ruim de entender, complexo, multicolorido e diversamente idelógico, o movimento castigou todos os ocupantes de cargos executivos e promoveu um tsunami sobre a imagem da classe política.

O Data Folha já havia diagnosticado que a imagem de Lula havia saído das manifestações sem nenhum abalo significativo e agora a Paraná Pesquisas faz o mesmo dignóstico a partir de um levantamento recém terminado e divulgado pelo jornal Gazeta do Povo.

No levantamento realizado agora no Paraná, para 56% dos entrevistados Lula ainda é o preferido numa eventual disputa interna no PT contra Dilma, circunstância que é mera especulação e o próprio Lula já desconsiderou.

Mesmo sem ser candidato, na expontânea, Lula é lembrado pelos eleitores e aparece em segundo lugar com 6,15 das intenções de voto, com Dilma à frente com 12,67% e aécio atrás com 3,21%.

Dilma segue lider nas pesquisas em todas as regiões, apesar do tombo de popularidade que a voz das ruas impingiu a todos os governantes, generalizadamente.