AYRES BRITO NA CHAPA DE MARINA?

A ex-senadora Marina Silva pretende convidar Carlos Ayres Britto, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, para ser seu vice na disputa pela Presidência da República, em 2014. Na avaliação de Marina, o ex-ministro – que tem dado uma espécie de consultoria informal para criação do partido Rede Sustentabilidade – saiu da Suprema Corte com prestígio político e também com uma boa imagem frente à sociedade. 
 
Nome forte – Nascido em Sergipe, Ayres Britto garantiria inserção no Nordeste, área de maior domínio do ex-presidente Lula e de sua sucessora, Dilma. 

AYRES BRITO E O “MENSALÃO MINEIRO”: AS RAZÕES DO NÃO JULGAMENTO

editar

A Revista Congresso em Foco fez um belo trabalho com relação ao processo do chamado “Mensalão Mineiro”, em curso no STF, especificamente sobre a tentativa de realizar o julgamento, cujo relator era o Ministro Ayres Brito. O video fala por si. Vale conferir.

 

Vídeo: o misterioso adiamento do mensalão mineiro

Em duas sessões do ano passado, ministros ensaiaram julgar destino do processo cível do valerioduto tucano. Nenhum deles sabe explicar por que ação saiu de pauta

POR EDUARDO MILITÃO | 26/08/2013 07:14
CATEGORIA(S): MANCHETESMENSALÃOMULTIMÍDIANOTÍCIASOUTROS DESTAQUESTV CONGRESSO EM FOCO
Um mistério ronda o Supremo Tribunal Federal (STF). Em maio do ano passado, o então presidente da corte, Carlos Ayres Britto, chegou a chamar o julgamento da ação cível, aquela que permite a recuperação de recursos desviados, do mensalão mineiro, também conhecido como valerioduto tucano. Por algum motivo, que nem Ayres Britto nem os demais ministros sabem explicar, o processo saiu da pauta. E não voltou mais. Esta foi a primeira denúncia envolvendo o esquema de caixa dois do empresário Marcos Valério Fernandes com políticos a chegar ao Supremo, ainda em 2003, dois anos antes, portanto, das primeiras acusações que abalaram o governo petista, como revelou a Revista Congresso em Foco. Enquanto a ação cível contra os tucanos não sai da gaveta, o Supremo já condenou 25 réus envolvidos no esquema de desvio de dinheiro montado pelo PT e analisa agora os respectivos recursos.

Exclusivo: veja vídeo em que valerioduto tucano é adiado duas vezes pelo STF

Ayres Britto diz que calendário do mensalão do PT atrapalhou valerioduto tucano