PARCERIA COM O GOVERNO FEDERAL ATRAIU EMPRESAS PARA O PARANÁ

Marcello Oliveira – Portal Vrum

A política do Governo Federal de incentivos para o setor atraiu não só a empresa alemã, mas também outras montadoras vieram para o Brasil ou ampliaram seus negócios, no caso do Paraná também a Renault e a Audi.

 

 (Volkswagen/Divulgação)

O Paraná tem sido um dos estados beneficiados com a política de incentivos do Governo Federal e do Governo do Estado para a indústria automobilística. Primeiro foi a Renault, depois a Audi e agora a Volkswagen.

Presidenta Dilma Rousseff durante encontro com Rupert Stadler, presidente Mundial da Audi AG, no Palácio do Planalto. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Presidenta Dilma Rousseff durante encontro com Rupert Stadler, presidente mundial da Audi AG, no Palácio do Planalto, no anúncio do início da operação da empresa no Paraná. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

O Presidente Mundial da Audi, Carlos Ghosn, também esteve com Dilma, também para anunciar a expansão dos negócios da empresa no Paraná.

O presidente da Volkswagen do Brasil afirmou que “a produção do Novo Golf no Paraná representa mais um importante passo no processo de globalização tecnológica do Grupo Volkswagen no Brasil”, que foi iniciado em 2012 com a introdução da nova arquitetura eletrônica global da marca nos modelos Novo Gol e Novo Voyage e ampliada neste ano com o lançamento do Fox BlueMotion com o motor 1.0L EA211, de três cilindros, que oferece menores índices de consumo.

Governador Beto Richa recebe o presidente e CEO da Volkswagen no Brasil, Thomas Schmal, para formalizar parceria para ampliação da fábrica da empresa em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Curitiba, 07-09-13. Foto: Arnaldo Alves / ANPr

 

O Golf usa a mesma plataforma MQB do novo Audi A3, que também deverá ser produzido em breve no Brasil. Nem a Volkswagene  nem a Presidência da República informaram quando o Golf nacional chegará aos concessionários.

O governador Beto Richa e o presidente da Volkswagen no Brasil, Thomas Schmall, formalizaram nesta segunda-feira (07/10) a parceria entre o governo estadual e a empresa para ampliação da fábrica de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Será instalada uma nova plataforma para produção do Golf geração sete. O protocolo para enquadramento do investimento no programa Paraná Competitivo foi assinado no último dia 4 de setembro.

O investimento será de R$ 670 milhões. Deste total, R$ 520 milhões serão aplicados na ampliação da linha de produção da fábrica e o restante em capital de giro. A unidade fabril em São José dos Pinhais será a única na América do Sul a fabricar o novo Golf e ficará responsável pelo abastecimento de todas as revendedoras da empresa no continente – exceto América do Norte que é abastecida com veículos produzidos no México.

Com isto, a empresa prevê ampliar em 20% a produção na fábrica de São José dos Pinhais, passando de 800 para 1.000 veículos por dia. A estimativa é empregar de 400 a 700 novos funcionários, de acordo com a demanda. Atualmente, 3.500 pessoas trabalham na Volks de São José dos Pinhais.

Presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall, e a vice-presidente de Vendas & Marketing, Jutta Dierks, ao lado do Novo Golf, em frente ao Palácio do Planalto<br /><br /><br /><br /><br />

Presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall, e a vice-presidente de Vendas & Marketing, Jutta Dierks, ao lado do Novo Golf, em frente ao Palácio do Planalto