AMAPAR COMPLETA 30 ANOS

JOSCELITO GIOVANE CÉ, GILBERTO FERREIRA, GUILHERME GOMES,  PAULO TARSO SANSEVERINO, FERNANDO PRAZERES, LUCIANO ALBUQUERQUE, ACÁCIO CAMBI E RUY FERNANDO OLIVEIRA.

O presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), desembargador Guilherme Luiz Gomes, participou na tarde de ontem (21) de palestra proferida pelo ministro do STJ Paulo de Tarso Vieira Sanseverino, na Escola da Magistratura do Paraná (Emap) e da comemoração dos trinta anos de fundação da entidade.

Saudando todos os presentes, especialmente o palestrante Paulo de Tarso e o desembargador Accácio Cambi, um dos fundadores da escola, o presidente Guilherme Gomes disse que “o Tribunal de Justiça e a magistratura paranaense sentem-se honrados em receber o ministro Sanseverino, neste ano em que a nossa escola completa trinta anos de existência e de excelentes serviços prestados na formação e aperfeiçoamento dos magistrados”.

Após a palestra, cujo tema foi Segurança Jurídica e Poder Judiciário, o atual diretor-geral da Escola, Luciano Campos de Albuquerque, convidou os presentes para a cerimônia de entronização da fotografia do juiz Joscelito Giovani Cé na galeria de ex-diretores da Emap.

Joscelito Cé  manifestou sua satisfação pelo momento e enalteceu a vasta contribuição da escola para a magistratura do Paraná. “É uma felicidade não só pessoal por ter sido diretor de nossa escola, mas de vê-la chegar nesses trinta anos com a envergadura, com a importância que ela tem no meio jurídico paranaense e também nacional. Nessas três décadas a Emap tem servido de exemplo para algumas outras escolas mais recentes e também aprendido com outras escolas  mais tradicionais do país.  Acho que o Paraná, os juízes  paranaenses e aqueles que querem ser magistrados têm aqui um recanto de aprimoramento constante”, enfatizou o diretor.

Para comemorar a data, a Escola também inaugurou a exposição – 30 anos de Amapar – organizada pela diretora do departamento de arquivo e memória da Associação dos Magistrados do Paraná (Amapar), Chloris Elaine Justen de Oliveira.

Também presentes no evento o 1º vice-presidente, desembargador Paulo Roberto Vasconcelos; os ex-diretores da Emap, desembargadores Accácio Cambi, Ruy Fernando de Oliveira, Gilberto Ferreira e o juiz Fernando Prazeres; demais magistrados, advogados e servidores.