BETO EMBARCA EM PROGRAMA DE PAULO BERNARDO COM RECURSOS DA CARTEIRA DE FOMENTO

 

Dilma assinou nesta quinta-feira (7), durante cerimônia no Palácio do Planalto, decreto que autoriza a migração das emissoras de rádio que operam na faixa AM para a faixa FM

Dilma assinou na quinta-feira (7), durante cerimônia no Palácio do Planalto, decreto que autoriza a migração das emissoras de rádio que operam na faixa AM para a faixa FM

Em solenidade realizada dias atrás com os ministros Gleisi Hofmann, Casa Civil, e das Comunicações, Paulo Bernardo, a rainha Dilma anunciou decreto prevê que as emissoras AM interessadas na migração para o sinal de FM vão poder requerê-la a partir de 1º de janeiro de 2014 para que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) possa fazer estudos para avaliar a viabilidade da transferência.

Como será necessário substituir os transmissores para se adequar à nova frequência, Paulo Bernardo informou que o governo vai criar mais incentivos de crédito para o setor, além das linhas de crédito específicas para essa finalidade que já existem no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Governador Beto Richa participa da abertura do 22º Congresso Paranaense de Radiodifusão, em Foz do Iguaçu.Foz do Iguaçu, 11/11/2013.Foto: Orlando Kissner/ANPr

O governador Beto Richa não perdeu tempo e tenta pular no barco de Paulo Bernardo, fazendo uma bela média com o setor no Paraná.

Beto adiantou nesta segunda-feira, em Foz do Iguaçu, que as emissoras de rádio terão na Fomento Paraná linhas de crédito para a modernização da estrutura e dos equipamentos para migração das frequências AM para FM. Além disso, Richa destacou ainda o convênio da Copel com as emissoras para redução das despesas de energia elétrica.