A CHAPA ESQUENTA: SERRA COMPARA PARTIDO A MADAME BOVARY; AÉCIO QUER BOLSA FAMÍLIA PERMANENTE

“O PT faz um leilão mal feito como o do campo de libra. E o que faz o PSDB? Sai dizendo: Olha aí, eles sempre foram contra a privatização e agora estão fazendo a privatização. Isso dá voto? nenhum (…) “No PSDB se confunde o fato de que a economia deve ser aberta com a ideia de que o mercado vai resolver tudo”.

Com essas palavras José Serra não poderia ser mais direto na crítica ao que considera falta de rumo, ausência de projeto e de firmeza no discurso do PSDB como oposição, claramente dirigindo-se a ação do Presidente da legenda Aécio Neves e também pré-candidato a presidência da república.

Aécio respondeu “Cada um contribui com o partido do jeito que pode. Eu estou aqui em Manaus falando bem do PSDB e mal do PT, né? Agora, não me acho a melhor pessoa para falar de complexos (…) Vamos deixar o Serra falar. O PSDB é um partido democrático, cada um tem sua opinião e cada um contribui para o fortalecimento do partido da forma que achar mais adequada”.

Assim é que a chapa vai esquentando no PSDB e, depois de algumas declarações de que estaria com Aécio em 2014, Serra dá sinais de que vai disputar mesmo a indicação do partido.

Em Manaus Aécio propôs que o Bolsa Família torne-se um programa permanente, independentemente de governo, tentando fragilizar o que será uma das mais fortes armas do PT na campanha de 2014 (veja o gráfico).