CHORO VELHO: COM SERRA, RAMON DIZ QUE PARANÁ “POUCO RECEBE” DO GOVERNO FEDERAL

O ex-governador José Serra (PSDB-SP) passou pelo Paraná e se reuniu com empresários na Associação Comercial do Paraná. Serra falou e se comportou como pré-candidato a presidente da república.

Fez um discurso que é música no ouvido dos empresários. Disse que o Brasil precisa investir em infra-estrutura para facilitar a vida do setor privado, reclamou da carga tributária e outros argumentos que fazem parte da velha retórica da elite empresarial.

Elogiou o Parnaá ao dizer que “Se o Brasil crescesse no mesmo ritmo teria um cenário econômico muito melhor”, lembrando que Estado é o 5°. estado que mais contribui com a arrecadação à Federação e apenas o 23°. a receber investimentos federais. “É errado como princípio e como estratégia econômica, por que investimento aqui rende”.

O Presidente da ACP e anfitrião do evento, Edson Ramon, reafirmou o velho choro de que “o Estado que mais cresce na nação. Mas, precisamos eliminar os gargalos logísticos para continuar a crescer e o governo federal tem que realmente ajudar o nosso estado neste sentido, pois o Paraná muito contribui e pouco recebe”, discurso que tem sido duramente rechaçado pelos Ministros do Paraná no Governo Federal.