PARANÁ VOLTA À PRESIDÊNCIA DO BRDE E BETO VÊ AVANÇOS

Paranaense assume a presidência
do BRDE e ressalta avanços do Estado

O governador Beto Richa preside nesta segunda-feira (18), em Curitiba, a solenidade de transmissão de cargo da presidência do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). O paranaense Jorge Gomes Rosa Filho assumirá o cargo em substituição a Carlos Henrique Horn, de Porto Alegre. Curitiba, 18-11-13.Foto: Arnaldo Alves / ANPr.

O governador Beto Richa presidiu nesta segunda-feira (18), em Curitiba, a cerimônia de posse do paranaense Jorge Gomes Rosa Filho na presidência do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Ele substitui a Carlos Henrique Vasconcelos Horn, do Rio Grande do Sul.

Richa ressaltou a atuação do banco, que neste ano contratou R$ 3,5 bilhões em crédito para os três Estados do Sul, propiciando a criação de 42 mil empregos. No Paraná, o volume de financiamentos já chegou a R$ 1,1 bilhão, com a criação de 14 mil empregos.

“O objetivo do nosso governo é ampliar a parceria com o BRDE, que tem papel fundamental no desenvolvimento da economia do Estado”, afirmou Richa. “O Paraná tem registrado grandes resultados na industrialização, geração de empregos e investimentos em infraestrutura. Precisamos de um banco forte e atuante para acompanhar os novos rumos do Paraná”, afirmou Richa.

O governador ressaltou que um dos financiamentos pleiteados pelo Paraná (Proinveste) terá parte dos recursos direcionada a potencializar a capacidade de financiamento de obras nos municípios, por meio do BRDE. Serão R$ 200 milhões para obras e mais R$ 200 milhões para aquisição de máquinas e equipamentos, ônibus para transporte escolar, inclusão digital e modernização da gestão da pública. “O Paraná é o único Estado que ainda não recebeu os recursos do Proinveste, mas acredito que agora prevalecerá o bom senso e em breve o dinheiro será liberado”, disse Richa.