ÁLVARO FAZ AJUSTES COM BETO RICHA

O senador Alvaro Dias (PSDB ) disse hoje que ao receber amanhã (quinta-feira, 19) a Comenda da Ordem do Pinheiro, honraria dada pelo governador Beto Richa, será a primeira vez que entrará no Palácio Iguaçu após transmitir o cargo em 15 de março de 1991 para seu sucessor. São quase 23 anos, ou exatos 8.310 dias sem pisar na sede do governo paranaense.

Leia mais:

18.11.2013

ALVARO ASSUME DISCURSO DE BETO EM DEFESA DOS EMPRÉSTIMOS DO PARANÁ

O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) apresentou em Plenário, nesta quinta-feira (14), certidão atualizada do Tribunal de Contas do Paraná para comprovar que o estado cumpre todas as obrigações relativas à Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei 101/2000 – Complementar). Ele divulgou o documento para desmentir que o Paraná estaria descumprindo a LRF, boato que teria surgido em razão de a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) ter atrasado a análise de pedido de autorização para a contratação, pelo governo estadual, de empréstimos no valor de R$ 3,3 bilhões.

Alvaro Dias acusou o governo federal de discriminar o Paraná, lembrando ainda que, recentemente a Secretaria do Tesouro Nacional, ao liberar três operações de crédito para o estado, o considerou apto a receber os empréstimos.

O senador sublinhou que a decisão da Secretaria do Tesouro Nacional não prejudica apenas o governador do Paraná, Beto Richa, nem o partido político, o PSDB, ao qual pertence, mas a toda a população do estado.

– É preciso ressaltar que o estado do Paraná vem cumprindo e superando suas metas de arrecadação tributária, o que não ocorre na maioria dos estados brasileiros, apesar da redução dos repasses tributários da União, e mesmo não tendo, até o momento, recebido liberação para todas as operações de crédito em análise na Secretaria do Tesouro Nacional, inclusive para o Proinveste, que já foi liberado para todas as demais unidades federativas – disse (Agência Senado).

28.04.2013

BETO RICHA CEDE ESPAÇO PARA ÁLVARO DIAS

 

O PSDB fez o movimento de acomodação para caminhar para a reeleição do Governador Beto Richa.
Valdir Rossoni foi eleito presidente e acomodada a disputa que tinha o líder do partido na ALEP, deputado Traino, como o outro pretendente ao cargo.
A novidade foi que o grupo de Beto Richa absorveu a candidatura a reeleição de Álvaro Dias, que notoriamente nunca fez parte do núcleo do governador que controla o partido no Paraná.
Na convenção estadual do PSDB, as lideranças tucanas fizeram questão de destacar que a vaga da candidatura ao Senado é do atual senador Alvaro Dias. “É o mais combativo parlamentar no Congresso nacional.
É a voz da oposição no Senado e vaga (da candidatura em 2014) é dele. Tenho certeza que estaremos juntos em 2014”, disse o governador Beto Richa.
O senador ganhou duas páginas de destaque na revista de 32 páginas que o PSDB editou para a convenção. “Nós reconhecemos sua liderança e por dever moral, o senador será mais uma vez candidato à reeleição pelo PSDB do Paraná”, disse o presidente eleito do PSDB, deputado Valdir Rossoni.
A absorção de Álvaro demonstra que o grupo de Beto Richa tem noção que a reeleição do governador não será tranqüila e é necessário compor com todas as forças, inclusive Álvaro Dias.
Com isso, por outro lado, resta somente a vice do Governador para compor com outros aliados.
A chapa será pura, com tucano para o Senado e para o Governo do Estado.