CRIATIVIDADE: BRASIL PASSARÁ A PRODUZIR 19 ITENS QUE ONERAM O ORÇAMENTO DO SUS

 

Com uma solução inteligente e criativa o Brasil começa trilhar o que talvez seja uma das soluções para o financiamento da saúde pública. Vai passar a produzir mais 19 itens considerados estratégicos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sendo 15 equipamentos e quatro medicamentos, usados principalmente em tratamentos cardíacos e renais. O anúncio foi feito hoje (11) pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. A expectativa da pasta é que, em cinco anos, a produção nacional desses itens, que também atendem às áreas oftalmológica, oncológica, de transplante e diagnóstico e monitoração, gere aos cofres públicos economia de R$ 5,5 bilhões.

De acordo com Padilha, a redução dos gastos com a importação varia entre 14% e 25%, dependendo do produto. As 15 novas parcerias para desenvolvimento produtivo (PDPs) envolvem sete laboratórios públicos e oito privados e ajudam a consolidar a “segurança sanitária” no país, ao garantir o acesso de pacientes que precisam de tais medicamentos (Agência Brasil).