DILMA MANTÉM OBRIGATORIEDADE DE AIRBAG E FREIO ABS, ALÉM DE ANUNCIAR CONCLUSÃO DA REFORMA MINISTERIAL PARA MARÇO

Depois dos desencontros entre a versão do Ministro Mantega e a indústria automobilística sobre o adiamento da obrigatoriedade do airbag e dos freios ABS em todos os veículos novos, a rainha Dilma bateu o martelo e manteve a exigência tal como já estava na lei e recusou o adiamento.

O ministro disse que o adiamento atendia um pedido da indústria automobilística e das centrais sindicais em razão da ameaça de desemprego. Os setor da indústria negaram que tivessem pedido o adiamento e disseram que estavam prontos para cumprir a exigência. Ou o ministro se enganou ou a indústria tentou dar um “passa moleque” no Governo. Diante disso, só restou para Dilma recusar o adiamento.

Além disso, Dilma também bateu o martelo e informou que a reforma ministerial do vai começar na segunda metade de janeiro e terminar até o carnaval, em março, com a saída de todos os ministros que serão candidatos nas eleições de outubro de 2014.

“Vou fazer a reforma ministerial e vai ter um período. Pretendo fazer da segunda metade de janeiro até o carnaval”, disse em entrevista a jornalistas no Palácio do Planalto (Agência Brasil).