Militância do PT fará arrecadação por Genuíno

Quem conhece José Genuíno sabe do modo modesto em que com sua família e de seu desapego com o vil metal e isso levará a militância do PT a fazer um esforço para livra-lo da multa que lhe foi aplicada por Joaquim Barbosa.
O presidente do PT de São Paulo, Emidio de Souza, disse ontem que o partido não esperava tanta rapidez na intimação para o pagamento das multas dos condenados no mensalão e vai antecipar “uma espécie de vaquinha” para ajudar o ex-presidente da sigla José Genoino a pagar a quantia de R$ 468 mil. O partido não pode usar recursos do fundo partidário com esse objetivo mas, segundo Emidio, militantes e dirigentes petistas devem acelerar uma arrecadação individual para juntar o dinheiro. “Minha ideia é promover uma espécie de vaquinha para ajudar a pagar a multa. Genoino não tem esse dinheiro. A única propriedade que ele tem é uma casa pequena em que mora há 30 anos na capital paulista”, afirmou Emidio.

“Não organizamos ainda (a vaquinha) porque não sabíamos que a decisão sairia tão rápido, mas vamos nos mobilizar para ajudar Genoino e quem não tenha condições de pagar”, completou. A Vara de Execuções Penais do Distrito Federal decidiu intimar cinco condenados no mensalão a pagar as multas. Assim que forem notificados, eles terão dez dias para depositar o dinheiro. As maiores multas são a de Marcos Valério (R$ 3 milhões) e de seus dois sócios Cristiano Paz e Ramon Rollerbach, que devem pagar cerca de R$ 2,5 milhões e R$ 2,8 milhões respectivamente. Já Genoino deve aos cofres públicos R$ 468 mil e Valdemar Costa Neto, R$ 1 milhão.