VANDALISMO E VIOLÊNCIA ESVAZIARAM AS MANIFESTAÇÕES DE RUA

Como era previsível, as pesquisas de opinião já estão acusando que o vandalismo e a violência vão esvaziando as manifestações de rua.

O Data Folha revela que ainda 52% são favoráveis às manifestações, mas que no final de junho de 1013 o apoio era de 81% (o índice de aprovação era de 81%.), e agora a rejeição às manifestações aumentou de 15% para 42%, evidenciando que o esvaziamento das manifestações, que agora acontecem com grupos de quinhentas a mil pessoas, agregando apenas grupos radicais e não contam mais com a espontaneidade dos movimentos de junho.

Apoio aos protestos  (Foto: Editoria de Arte/G1)

 

A pesquisa foi feita nos dias 19 e 20 de fevereiro e ouviu 2.614 pessoas em 161 municípios do país, com margem de erro de 2 pontos percentuais

Leia mais:

25.01.2014

A GRAVIDEZ INDESEJADA E A COPA DO MUNDO NO BRASIL

Aqui e ali é possível ouvir uma ou outra liderança da oposição aderindo a um certo discurso de que a realização da Copa do Mundo no Brasil é uma irresponsabilidade porque o Estado teve que aplicar dinheiro público para que ela aconteça. Nesse ponto se encontram o discurso da esquerda mais radical, de que o futebol é fonte de alienação, com oportunistas, que procuram se apropriar das manifestações de junho passado afirmando que foram contra a Copa, e até aqueles que acredita mesmo na bobagem que o dinheiro gasto com estádios poderiam resolver algum problema do Brasil. Então, todos deitam a falação contra o custo dos estádios, que a Copa não deixará legado, etc… Só agora?
Onde estavam quando o governo Lula, com apoio de todos os prefeitos e governadores (Aécio Neves e Eduardo Campos, por exemplo) de quase todos os grandes partidos, o Brasil e as capitais apresentaram a nossa candidatura para sediar o evento?
Curitiba é um bom exemplo do que está a se falar aqui.
Para quem quiser conhecer o DNA da Copa em Curitiba a leitura do trabalho do site Futebol Brazil é importante.
Iniciativas semelhantes existem nas outras capitais brasileiras que vão sediar jogos da Copa e ajudam a entender que a Copa do Mundo não chegou a elas apenas pela vontade da FIFA ou do então presidente Lula.
As cidades tornaram-se sede da Copa porque apresentaram-se como candidatas, livre e espontaneamente.
No caso de Curitiba, a única autoridade e a única liderança relevante a torcer o nariz para o evento no Paraná foi o então governador Requião que, no entanto, hoje, diante do fato consumado, como Senador do Paraná, entende que o evento deve acontecer da melhor maneira possível.
Assim, para quem acredita que o eventual desgaste resultante de investimentos em estádios de futebol para a realização da Copa no Brasil recairá sob as costas da Presidência da República e dai estarem assumindo, só agora, um discurso oportunista de crítica a tais investimentos, vão constatar que o desgaste, na verdade, recairá sob as costas de todos os governadores e prefeitos que levaram as suas capitais a apresentar suas candidaturas para a Copa do Mundo, sendo que nesse cesto estão gente do PT, PMDB, PSDB, PSB e por aí afora. Ficam excluídos somente os partidos que não geriam nenhum desses estados e nenhuma dessas prefeituras.
Quais vozes foram contra a candidatura do Brasil quando apresentada?
É bom registrar também que é pouco provável que a população, amante do esporte bretão na sua maioria, se lance a atos de irresponsabilidade contra a realização do evento, circunstância que conspira para o isolamento de quem hoje se põe na tarefa de tentar usá-lo como instrumento de embate político.
Sobretudo alguns videntes que, religiosamente, crêem que as manifestações de outubro foram contra a Copa do Mundo e insistem num raciocínio ingênuo de relacionar os gastos com estádios de futebol com falta de saúde, educação, moraria, etc, quando se sabe que o povo não é idiota e sabe que os problemas do Brasil são de outra etiologia.
A oposição à realização da Copa no Brasil à essa altura dos acontecimentos é agir como os pais que são contra a gravidez indesejada da filha solteira. Já era! Tinha era que educar a filha para não engravidar.

Confira o caso de Curitiba.

FUTEBOL BRAZIL
O Primeiro Site de Podcast do Futebol Paranaense

Home
Curitiba 2014 Cidade Sede

O Site Futebol Brazil apresenta uma compilação exclusiva de notícias sobre a preparação da Capital Paranaense para a Copa de 2014!! É o Povo Paranaense unido através do Esporte!

Confira abaixo uma cronologia com as principais notícias sobre a candidatura de Curitiba para sediar a Copa do Mundo de 2014. Com enfoque especial nas obras a serem feitas na Cidade de Curitiba visando o bem estar do cidadão Curitibano.

BNDES ACENA COM EMPRÉSTIMO PARA ESTÁDIOS – 04/08/2009

Cento e trinta e oito milhões de reais. É a soma que separa o Atlé­­tico da Copa de 2014. A distância, que pareceu mais curta na época em que Curitiba foi escolhida co­­mo subsede do Mundial, em maio, encorpou nas últimas semanas. Tudo porque o clube não recebeu nenhuma resposta do mer­­cado para viabilizar o término da Arena, segundo as orientações da Fifa, orçado em R$ 138,3 mi­­lhões.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

ASSISTA A REPORTAGEM DA RPC/REDE GLOBO SOBRE AS OBRAS PARA A COPA EM CURITIBA – 01/06/2009

Após o anúncio de Curitiba como cidade sede da Copa 2014 de futebol, Curitiba terá muitas obras a serem realizadas. Assista nesta reportagem da RPC/Rede Globo quais serão elas.

«Clique aqui e assista a reportagem» Créditos: Site RPC/Rede Globo

FIFA ANUNCIA CIDADES QUE VÃO RECEBER JOGOS NA COPA DE 2014 – 31/05/2009

A Fifa divulgou, em Nassau, as 12 cidades brasileiras que vão sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014. O anúncio foi feito por Joseph Blatter, presidente da entidade máxima do futebol. Assista como foi o anúncio e uma amostra de como estão algumas cidades e seus estádios na data do anúncio.

«Clique aqui e assista a reportagem» Créditos: Site Rede Globo/Globo.com

CURITIBA É CONFIRMADA COMO UMA DAS 12 SUBSEDES DO MUNDIAL – 31/05/2009

Curitiba é oficialmente uma das 12 subsedes da Copa do Mundo de 2014. O anúncio feito na tarde deste domingo (31) pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, em Nassau, nas Bahamas, apenas confirmou o que já se esperava: a capital paranaense vai integrar o maior evento de futebol do planeta mais uma vez, como na primeira e única Copa realizada no Brasil, em 1950. A partir de agora a cidade tem cerca de cinco anos para implementar uma série de obras e realizar o sonho dos seus idealizadores: ser a melhor cidade-sede da Copa de 2014.

Além de Curitiba, Blatter anunciou Belo Horizonte, Brasilia, Cuiabá, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo integrarão a competição como subsedes. Restou a Florianópolis, Goiânia, Campo Grande e Rio Branco, mesmo eliminadas da corrida para receber jogos da Copa de 2014, aguardarem algum “prêmio de consolação” que o Mundial poderá proporcionar a estas cidades.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

INCERTEZAS SOBRE COPA DE 2014 EM CURITIBA MARCAM PAPO UNIVERSITÁRIO 2009 – 16/04/2009

O Teatro Paiol recebeu um grande público na noite desta quarta-feira para acompanhar a primeira edição do Papo Universitário 2009. Os 250 lugares para o evento estavam ocupados e a magnitude do tema “Curitiba na Copa de 2014: O desafio de receber o maior evento do futebol mundial” trouxe muitas incertezas e diferentes pontos de vista quanto aos prós e contras que o Mundial de futebol trará à capital paranaense.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

A ARENA DA COPA SAIRÁ POR R$ 376,4 MILHÕES – 15/04/2009

Um investimento de R$ 138,3 milhões só na Arena, que cresce para R$ 376,4 milhões, se levadas em consideração as melhorias no entorno do estádio. Esta é a conta apresentada à Fifa pela candidatura de Curitiba para colocar a Baixada em condições de receber jogos da Copa do Mundo de 2014. O valor consta no projeto apresentado pelo comitê local, cujo conteúdo vazou ontem, na internet. Tanto nos planos do Atlético, quanto da prefeitura, não está a utilização de dinheiro público para a execução do projeto. A ideia é que a arrecadação ocorra com a iniciativa privada, através da venda de cotas de publicidade.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

FIFA APRESENTA AS CIDADES CANDIDATAS NO SEU SITE OFICIAL – 19/03/2009

No seu site oficial, a FIFA apresenta Curitiba e fala que o clássico Atletiba é um dos principais clássicos do país. A entidade máxima do futebol fala também que a Arena é um dos melhores e mais modernos estádios do Brasil. Cita ainda que no estádio do Paraná Clube, o Durival Britto e Silva, foi uma das sedes da Copa do Mundo de 1950 no Brasil.

«Leia a notícia na íntegra em inglês» Créditos: Site Oficial da Fifa

CONHEÇA A PÁGINA DA COPA 2014 NO SITE OFICIAL DA FIFA – 19/03/2009

A FIFA apresenta em seu site oficial, uma página com matérias sobre a Copa do Mundo 2014 que será realizada no Brasil. O site apresenta vídeos e áudios desde a época do anúncio de Blatter que a copa 2014 seria no Brasil em 30/10/2009.

«Visite o site oficial da FIFA em inglês» Créditos: Site Oficial da Fifa

VEJA A HISTÓRIA DE TODAS AS COPAS DO MUNDO NO SITE OFICIAL DA FIFA – 19/03/2009

Você quer saber a história das Copas do Mundo? Você pode encontrar no site oficial da entidade máxima do futebol. Lá você encontrará os campeões, quem foi o artilheiro, os melhores goleiros, quem foi o bola de ouro e ainda fotos, todos os jogos, equipes completas com nomes, peso, altura, data de nascimento e equipe a que pertenciam, além de estatísticas e todos os premiados em cada uma das copas.

«Visite esta página do site oficial da FIFA em inglês» Créditos: Site Oficial da Fifa

PROJETO DESENHA A CURITIBA DE 2014 – 16/03/2009

A disputa para ser uma das 12 subsedes da Copa do Mundo de 2014 ganhou um inesperado fôlego de dois meses. Na quarta-feira, a Fifa transferiu o anúncio das cidades da próxima sexta-feira para o fim de maio, durante o congresso anual da entidade, marcado para as Bahamas. Tempo extra para as 17 candidatas venderem a eficiência de seus projetos, em uma briga que extrapolou o campo de futebol. Em vez de 12 locais de jogos, o Comitê Executivo escolherá 12 legados à espera de uma robusta injeção de dinheiro público e privado.

Estimativas de momento indicam que o legado de Curitiba custará pelo menos R$ 6,5 bilhões. Se tirado totalmente do papel, certamente aumentará e resultará em uma cidade totalmente diferente. A Gazeta do Povo teve acesso parcial ao projeto curitibano para o Mundial. Desenvolvido em grande parte pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), o calhamaço de 200 quilos enviado em janeiro para a Fifa prevê intervenções que têm como ponto de partida a Arena da Baixada, mas se estendem pelos arredores do estádio, diversos bairros da cidade, vias de ligação ao Aeroporto Afonso Pena e chegam à região metropolitana e ao Porto de Paranaguá.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

ARENA COMPLETA SAIRÁ POR R$ 127 MILHÕES – 16/03/2009

A Arena da Baixada é o centro de um dos principais polos de investimento para Curitiba receber a Copa de 2014. Além da conclusão do Joaquim Américo, o projeto da candidatura paranaense prevê a injeção de R$ 29 milhões no raio de 750 metros do estádio, para criar condições à livre circulação de pessoas a pé ou com meios de locomoção alternativos. Em um raio de 2 quilômetros serão gastos outros R$ 29,1 milhões para pavimentações, ciclovias, paisagismo, calçadas e correções geométricas das ruas.

Entre as obras previstas, por exemplo, estão a construção de uma ciclovia na Visconde de Guarapuava e a instalação de quatro estações de metrô nas proximidades do estádio.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

FIFA ADIA ANÚNCIO DAS CIDADES-SEDE DO MUNDIAL DE 2014 – 11/03/2009

A Fifa alterou do dia 20 de março para o final de maio o anúncio oficial das cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. A entidade explicou em nota no site oficial, que o anúncio será feito em congresso nas Bahamas, que acontece de 31 de maio a 3 de junho. A data inicial para o anúncio das 12 cidades-sedes era 20 de março, em Zurique, na Suíça.

De acordo com a Fifa, a extensão de prazo se justifica pelo aumento do número de sedes, de 10 para 12. A entidade entrou em acordo com o comitê organizador da Copa para que seus delegados possam fazer uma análise mais minuciosa dos projetos das cidades.

Entre o fim de janeiro e o início de fevereiro, as 17 candidatas foram inspecionadas por representantes da Fifa. Além das impressões obtidas nas visitas, a entidade recebeu projetos de todas as interessadas, em que são detalhados planos de construção ou reforma de estádios, obras de infraestrutura e investimentos em áreas como hotelaria e transporte.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

“NOSSA REDE NÃO ESTÁ SATURADA” – 01/03/2009

Com uma Copa do Mundo chegando, uma cidade com problemas de mobilidade e um sistema de transporte que já foi modelo, mas que hoje dá mostras de saturação, o novo presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) tem trabalho duro pela frente. Funcionário de carreira, Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida está no Ippuc há nada menos que 19 anos. Já foi chefe do setor de sistema viário, coordenador da elaboração dos projetos viários das obras do Programa de Transporte Urbano de Curitiba, assessor da presidência na coordenação de projetos especiais e responsável pelo projeto da Linha Azul–Santa Cândida / CIC Sul do Metrô de Curitiba. Em entrevista à Gazeta do Povo, Almeida fala dos desafios da cidade para os próximos anos.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

MINISTRO DO TURISMO AFIRMA QUE CURITIBA É FAVORITA PARA RECEBER A COPA DO MUNDO – 18/02/2009

O ministro do Turismo, Luiz Barretto, afirmou que Curitiba é favorita para ser uma das sedes da Copa do Mundo 2014. “A cidade tem todas as chances. Isso não sou eu que digo, mas o Brasil todo”, comentou. “Torço por Curitiba e isso vai ser ótimo para o turismo.” Barretto foi recebido, nesta quarta-feira (18), pelos membros do Comitê Executivo para Assuntos da Copa do Mundo 2014, no Palácio das Araucárias.

O coordenador do comitê, vice-governador Orlando Pessuti, afirmou que o projeto de cidade é ir além das exigências da Fifa. “Não queremos apenas trazer a Copa, queremos ser a melhor sede. Temos todas as possibilidades e a vontade de trabalhar para isso”, disse. A Fifa vai anunciar as cidades escolhidas em 20 de março.

Pessuti destacou que cada vez mais entidades se unem ao Comitê para conseguir a indicação de Curitiba. “Assumimos essa responsabilidade em 2007 e estamos conseguindo agregar cada vez mais forças e instituições para esse projeto. Nossa motivação ocorre, porque entendemos que a Copa não é somente por um ano, nem para apenas uma cidade – mas para o Estado todo e trará resultados que ficarão para nosso futuro”, afirmou.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Agência Estadual de Notícias, Repórter Luiz Henrique

COMITÊ DE CURITIBA ENVIA DOCUMENTOS À FIFA E ESCLARECE DÚVIDAS SOBRE ARENA – 13/02/2009

O Comitê de Curitiba para Assuntos da Copa do Mundo de 2014 e a prefeitura de Curitiba enviaram à Fifa nesta sexta-feira documentos para endossar toda a papelada que envolve o projeto da capital paranaense em sediar o Mundial. Além de adicionar informações sobre a cidade, os papéis assinados pelo prefeito Beto Richa esclarecem algumas dúvidas levantadas pelos representantes da entidade durante a passagem da comitiva pela cidade, no início de fevereiro.

Boa parte dos documentos traz detalhes da Arena da Baixada, estádio do Atlético Paranaense, indicado como sede dos jogos da Copa de 2014, caso Curitiba seja contemplada.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

CURITIBA DEBATE REDE HOTELEIRA E PLANEJA PRÓXIMOS PASSOS PARA MUNDIAL – 10/02/2009

O anúncio de quais serão as 12 cidades brasileiras que integrarão a Copa do Mundo de 2014 só saí em 20 de março, mas o Comitê Executivo de Curitiba para Assuntos do Mundial já se prepara para participar do evento. Nesta terça-feira, dirigentes da candidatura paranaense se reuniram com a empresa Match, que presta serviços para a Fifa nas áreas de informação, acomodação, hospitalidade e ingressos.

“Explicamos a nossa maneira de trabalhar, com objetivo de tentar aumentar o número de apartamentos oferecidos pela Fifa, durante a Copa do Mundo”, disse Paul Whelan, representante da Match. O alvo do encontro foi a rede hoteleira de Curitiba. Várias redes da cidade já assinaram um acordo com a empresa, se comprometendo a se adequar aos termos de qualidade exigidos pela Fifa.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

CONSIDERADA EXEMPLO, CIDADE PRECISA INVESTIR – 06/02/2009

Curitiba é considerada exemplo em termos de infraestrutura no Brasil. Essa condição dá certeza aos governantes e incentivadores da Copa do Mundo de que a cidade estará entre as 12 sedes escolhidas, em 20 de março. Nas sete cidades anteriores, o evento “Desafios para sediar a Copa de 2014”, realizado na tarde de ontem em Curitiba, no auditório do Sinduscon-PR (Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Paraná), teve painéis mostrando a falta de cuidado das cidades que se candidataram a subsede. Em Curitiba, esse painel não ocorreu.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

COPA DE 2014 TIRA DO PAPEL VELHOS PROJETOS PARA CURITIBA – 06/02/2009

A Copa de 2014 pode tirar do papel obras que há anos dormem nas gavetas, caso Curitiba seja confirmada como subsede do mundial. Além do metrô e da conclusão do estádio Arena da Baixada, o contorno ferroviário, a trincheira da Avenidas das Torres com Rui Barbosa – em São José dos Pinhais, na região metropolitana –, o Rodoanel e a construção de uma terceira pista no Aeroporto Afonso Pena são vendidos como intervenções necessárias para a melhoria da mobilidade urbana, uma das exigências da Fifa. As verbas seriam oriundas do PAC da Mobilidade que, além dos R$ 402 milhões previstos inicialmente, teria acréscimo de R$ 540 milhões. Resultado: os jogos poderão ser a oportunidade para alavancar obras importantes ou virar sinônimo de um amontoado de atropelos.

As decisões tomadas podem definir se Curitiba seguirá o exemplo da Olimpíada de Barcelona (1992) ou do Pan-Americano do Rio de Janeiro (2007). Barcelona é exemplo emblemático do aproveitamento das oportunidades trazidas por um grande evento esporitovo. A cidade se divide em antes e depois das Olimpíadas. “Barcelona fez uma intervenção complexa, com estratégias bem definidas e polos bem estruturados”, afirma a professora do departamento de urbanismo da Universidade Federal Fluminense, Fernanda Sânchez.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

CURITIBA SE CONSIDERA NO MUNDIAL E PROMETE PLEITEAR CENTRO DE COMUNICAÇÕES – 05/02/2009

Autoridades públicas, engenheiros, arquitetos, empresários e pessoas ligadas ao futebol do Paraná participaram nesta quinta-feira do seminário “Desafios do Curitiba para sediar a Copa de 2014”, promovido pelo Sindicato da Arquitetura e Engenharia (Sinaenco). O encontro no auditório do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Paraná (Sinduscon-PR) trouxe mais uma vez o otimismo dos dirigentes locais de que Curitiba estará na lista de 12 subsedes do Mundial, que será divulgada em 20 de março pela Fifa, e também trouxe novidades.

A maior delas veio por parte da prefeitura da capital paranaense, que afirmou que Curitiba vai brigar com São Paulo e Rio de Janeiro pelo centro de comunicações da Copa de 2014. É neste local que toda a infraestrutura de imprensa ficará situada no Mundial do Brasil, e os dirigentes do estado vêem a cidade com boas possibilidades.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

ESPECIALISTAS DISCUTEM MELHORIAS URBANAS E TURÍSTICAS PARA CURITIBA RECEBER O MUNDIAL – 05/02/2009

O Sindicato de Arquitetura e da Engenharia do Paraná (Sinaenco) promove, nesta quinta-feira (5), o encontro “Desafios de Paraná para sediar a Copa de 2014”. O evento será realizado no auditório do Sinduscon-PR e contará com a presença de autoridades públicas, empresários, arquitetos e engenheiros, que debaterão questões como mobilidade urbana, a adequação da arena aos encargos da Fifa e a infra-estrutura turística.

Dentre os assuntos debatidos no encontro está a questão da melhoria do transporte coletivo de Curitiba e região.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

VISITA DA FIFA AUMENTA A CERTEZA DA ESCOLHA DE CURITIBA COMO SEDE – 02/02/2009

“Tenho convicção absoluta de que eles levaram uma ótima impressão de tudo que viram e vão mostrar isso no relatório final”, disse o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. “Nós tiramos nota 10”, reforçou o vice-governador Orlando Pessuti. “Não tenho dúvidas de que vamos ser uma das sedes da Copa”, concordou o prefeito Beto Richa.

O otimismo foi unânime após a passagem da Comissão de Vistoria da Fifa por Curitiba, sábado e ontem. Em menos de 20 horas de permanência na capital paranaense, o grupo inspecionou o aeroporto, sobrevoou a cidade, visitou a Arena e assistiu a uma apresentação do projeto do estado, no Hotel Bourbon.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

ELOGIOS DE COMITIVA DA FIFA ALIMENTAM OTIMISMO DE CURITIBA PARA RECEBER MUNDIAL – 01/02/2009

As 18 horas que a comitiva da Fifa permaneceu em Curitiba deixaram os dirigentes do Paraná muito otimistas para receberem a Copa do Mundo de 2014. Desde a chegada, na noite de sábado, até o deslocamento da comitiva para o Rio de Janeiro, próxima parada da agenda, a capital paranaense recebeu elogios e a assessoria fornecida ao trio de enviados pela entidade máxima de futebol (Thierry Weil, diretor de marketing, Dick Wiles, vice-presidente da empresa Match, e Fulvio Danilas, gerente da Fifa e responsável pelo projeto Copa do Mundo Fifa Brasil 2014) foi de substancial importância para a boa impressão deixada em solo curitibano.

“Curitiba tem toda uma estrutura futebolística que justifica uma grande participação na Copa do Mundo. O que ficou claro para mim, nas conversas com o vice-governador Orlando Pessuti e o prefeito Beto Richa é a vontade do estado e de Curitiba em receber os jogos da Copa. Tenho certeza absoluta que a comissão sairá daqui com uma ótima impressão da cidade”, declarou o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

FIFA CONFIRMA QUE COPA 2014 TERÁ 12 CIDADES-SEDE – 28/01/2009

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou nesta quarta-feira, em São Paulo, que a Copa do Mundo de 2014, a ser disputada no Brasil, vai ter 12 cidades-sede. A entidade cedeu aos anseios brasileiros. Um total de 18 cidades concorrem ao direito de organizar jogos da Copa. A Fifa, a princípio queria apenas 10 cidades.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

METRÔ É O “CORAÇÃO” DA CANDIDATURA – 09/01/2009

Era para ter sido a reunião que apresentaria o projeto completo de Curitiba para sediar a Copa do Mundo de 2014. O encontro no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), ontem pela manhã, contudo, revelou poucos detalhes do material que a capital paranaense pretende usar para convencer a Fifa – o documento será enviado à entidade no dia 15. De acordo com a prefeitura, a Fifa proibiu as candidatas de revelar os programas de campanha.

Nos minutos em que o grupo de jornalistas conseguiu driblar a organização, pôde se ver que o metrô é a peça-chave da candidatura local. A promessa é de que ao menos um braço do corredor que ligará a CIC Sul ao Santa Cândida, chamado pelo poder municipal de Linha Azul, fique pronto até 2014. A primeira linha ligaria a Cidade Industrial ao Centro, passando por três estações próximas à Arena da Baixada, na Avenida Sete de Setembro.

«Leia a notícia na íntegra » Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

REUNIÃO CONCLUI PROJETO DE MOBILIDADE URBANA DE CURITIBA PARA COPA 2014 – 07/11/2008

Foi concluído nesta sexta-feira (7) o projeto que prevê uma série de obras e construções necessárias para adequar Curitiba ao que prevê o Caderno de Encargos da Fifa para que a capital paranaense seja uma das sub-sedes da Copa do Mundo de 2014. O Comitê Executivo para Assuntos da Copa (CEAC) foi recebido por representantes da prefeitura, da Comec (Coordenação da Região Metropolitana) e do Ippuc (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba).

O encontro serviu para que algumas divergências entre “as partes” fossem resolvidas, para que no próximo dia 14 de novembro o CEAC vá a Brasília para atualizar a primeira proposta deixada na capital federal. O grupo pleiteia uma verba de R$ 401 milhões para obras de mobilidade para facilitar e até modernizar o acesso e o trânsito de pessoas durante o Mundial. Uma outra verba de R$ 200 milhões, vinda do PAC Mobilidade – destinada pelo governo à cidades sedes – seria usada para as obras.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

ATLÉTICO PROJETA ARENA À MODA INGLESA – 05/06/2008

Anunciadas no site oficial do Atlético na terça-feira, as obras de conclusão do primeiro anel de arquibancadas da Arena ainda estão longe de empolgar. Afinal, por enquanto, há pouco a ser visto. Mesmo assim, o atleticano já pode ter uma certeza: quando concluído o novo setor, ele poderá ficar perto da sua paixão como nunca.

Isso porque, ao contrário do restante do estádio, não haverá o fosso para separar os torcedores do gramado na nova reta, paralela à Rua Brasílio Itiberê. É a principal novidade do segundo período de obras da Arena. A divisão será toda envidraçada e utilizada como um experimento do clube para o futuro. Se der certo, toda a Baixada ficará como os estádios ingleses.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

ATLÉTICO APRESENTA O PROJETO DE CONCLUSÃO DA ARENA – 03/09/2007

O Atlético deu no sábado (29) mais um passo rumo à realização de um dos maiores sonhos da torcida rubro-negra. Conselheiros, funcionários e jornalistas foram finalmente apresentados ao projeto de conclusão da Arena, na manhã deste sábado, no CT do Caju. Pondo um fim a especulações, informações há tempos tidas como sigilosas foram oficialmente expostas pela diretoria atleticana.

Uma delas, contudo, ainda não foi esclarecida. Não há qualquer previsão de início e, sobretudo, do término das obras que finalizarão a construção do estádio que representa a candidatura de Curitiba como subsede da Copa do Mundo de 2014. Essa definição depende da composição da nova cúpula rubro-negra (o mandato da diretoria atual termina em dezembro) e da estratégia adotada pela mesma para a obtenção dos recursos necessários para a obra.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

ORLANDO PESSUTI CONFIRMA INDICAÇÃO DA KYOCERA ARENA PARA COPA DE 2014 – 28/05/2007

O governador do Paraná em exercício, Orlando Pessuti, confirmou nesta segunda-feira que a Kyocera Arena será o estádio recomendado e apoiado pelo governo como candidato a sub-sede da Copa do Mundo de 2014. A informação frustra as iniciativas dos presidentes da Federação Paranaense de Futebol (Onaireves Moura), do Coritiba (Giovani Gionédis) e do Paraná (José Carlos de Miranda) que tentavam assumir a paternidade de um novo estádio para oferecer como sede do Mundial.

Segundo Pessuti, a escolha foi baseada em critérios técnicos. “Não tínhamos indicado nenhum estádio oficialmente e poderia ser o Estádio de Curitiba (que seria o nome do Novo Pinheirão). Esta decisão está sendo tomada hoje. O governado do Estado vai recomendar a Kyocera Arena e isso é o resultado de análises feitas por uma comissão designada pelo governador Roberto Requião e por mim, como governador em exercício. Ouvimos um grupo de especialistas e pessoas ligadas à área esportiva para tomar a decisão”, disse Pessuti em entrevista à Gazeta do Povo Online.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Gazeta do Povo/RPC

VÍDEO DO PROJETO DA ARENA APRESENTADO PARA DELEGADOS DA FIFA

«Assista ao vídeo apresentado aos comissários da FIFA com o projeto da Arena do Atlético»

DISPUTA DE EGOS PODE PREJUDICAR CURITIBA COMO SEDE DA COPA DE 2014 – 25/08/2007

A velha “autofagia paranaense” pode tirar Curitiba do mapa da Copa do Mundo de 2014. Hoje, no Rio de Janeiro, a candidatura da capital do Paraná será apresentada aos inspetores da Fifa. Credenciais para abrigar o Mundial não faltam à cidade. Mas uma disputa de interesses, egos e vaidades pode afastar daqui o maior evento do planeta.

Na manhã de hoje, em um hotel do Rio de Janeiro, representantes do governo do Estado, Prefeitura e do Atlético Paranaense vão tentar convencer os enviados da Fifa que Curitiba tem todas as condições necessárias para ser uma das sedes da Copa. Uma tarefa que não seria tão difícil se o Estado estivesse unido na busca pelo objetivo.

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Paraná On-Line

ARENAS DE PAPEL

Na cabeça dos cartolas, tem estádio para sediar quatro Copas. Conheça os projetos (e viagens) para 2014

A Alemanha teve 12 sedes na última Copa – a Fifa recomenda dez. Segundo o ministro do Esporte, Orlando Silva, o Brasil terá 18. Para o político, nove capitais já estariam garantidas: Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Recife e Fortaleza. Faltariam, portanto, nove cidades.

“O que ninguém duvida é que, na hora H, dinheiro do governo não vai faltar”, diz o economista Ricardo Araujo, especializado em Planejamento e Gestão de Arenas. Ou seja: dinheiro público não será problema, como se viu no Pan do Rio.

As sedes escolhidas deverão estar com estádios prontos até 2013 (em tese…). Não existe uma capacidade mínima estabelecida pela Fifa, embora o número de 45000 lugares seja o usual. Parece um prazo razoável. Mas a verdade é que estamos bem atrasados. Confira alguns projetos em andamento. E outros que não vão andar…

«Leia a notícia na íntegra» Créditos: Site Placar

Caro amigo internauta, obrigado pela sua visita. Se você quiser indicar matérias ou opinar sobre esta matéria, envie um e-mail para redacao@futebolbrazil.com.br redacao@futebolbrazil.com.br