GUARULHOS: MODERNO TERMINAL 3 ENTRA EM OPERAÇÃO

Neste domingo (11), o Terminal 3 de Guarulhos recebeu o seu primeiro voo, vindo de Lisboa e representa uma das mais importantes modernizações nas operações de terra. É o maior e mais importante aeroporto do país, por onde passam praticamente todos os vôos mais importantes, transitando, entrado ou saindo do Brasil, e o novo terminal deve dobrar a sua capacidade.

Novo terminal do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.Rafael Arbex/Estadão
Leia mais:
05.05.2014

NOVO TERMINAL DE GUARULHOS COMEÇA A OPERAR EM MAIO E O ESTADO DE SP SERÁ BENEFICIADO COM UMA DAS MAIORES OBRAS DA COPA

Originalmente a ideia era a que está no desenho acima, mas o que será concretizado, cuja execução é menos complexa, será um dos mais modernos terminais.

divulgação Aeroporto de Guarulhos
divulgação Aeroporto de Guarulhos

A concessionária do GRU Airport informou que o novo terminal do Aeroporto Internacional de Guarulhos/São Paulo, o número 3, está com 98,5% das obras concluídas e que a área iniciará suas operações no dia 11 de maio com três companhias aéreas – Lufthansa, Swiss e TAP – e que até a Copa nove companhias estarão operando, representando 25% do total das operações dos terminais em funcionamento hoje. A capacidade total do novo terminal poderá abrigar 24 empresas aéreas e vai atender a 12 milhões de passageiros ao ano.

O TPS3 vai mais que dobrar a capacidade do aeroporto, pois ocupará uma área de 192 mil m², maior que a soma dos três terminais já em operação (1, 2 e 4), e será voltado exclusivamente para voos internacionais, liberando os demais terminais apenas para o processamento de voos dentro do território nacional, contando com um processador (terminal de passageiros) e um dique (terminal de embarque), com capacidade para 22 aeronaves.

Além disso, o novo edifício-garagem, já construído, tem capacidade para 2,6 mil vagas, e uma nova área de estacionamento para as aeronaves, próximo à cabeceira da pista, para suprir a demanda de aeronaves que, hoje, por falta de espaço, ocupam uma das pistas de manobra do aeroporto.

A Concessionária Aeroporto Internacional de Guarulhos é formada pelas empresas Investimentos e Participações em Infraestrutura S/A (Invepar) e Airport Company South Africa (ACSA), que obtiveram o direito de administrar o Aeroporto de Guarulhos por um período de 20 anos, por um valor de R$ 16,2 bilhões. Segundo a concessionária, até a Copa do Mundo de 2014, devem ser investidos R$ 3 bilhões no aeroporto.

O Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), também contará agora com uma nova pista para taxiamento de aeronaves neste sábado, 1° de março. A GRU Airport recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para a operação da pista nesta Sexta-feira.

O trecho, que possui 2.477 metros de extensão e 60 metros de largura, faz parte das obras de infraestrutura que serão entregues até a Copa do Mundo, em junho. Um parte da pista existia desde a inauguração do aeroporto, em 1985, mas nunca havia sido usada. A GRU Airport informou em nota que a obra vai aumentar o fluxo de aeronaves no pátio, praticamente eliminando um dos focos de maior reclamação dos passageiros que é o tempo de espera dentro do avião antes de decolar ou após pousar.

O aeroporto operava apenas com uma pista de taxiamento, que, em horários de pico, aumentava o tempo para que as aeronaves pudessem chegar ao pátio ou até a posição de decolagem.

Em um mês de alta demanda, como dezembro ou janeiro, o aeroporto chega a realizar cerca de 900 pousos e decolagens por dia. No ano passado, o GRU Airport registrou 284.184 operações de voo e movimento de 35,962 milhões de passageiros.

 

divulgação Aeroporto de Guarulhos
Área de circulação do terminal de passageiros terá lojas, lanchonetes, restaurantes e até um pequeno hotel com 50 dormitórios
divulgação Aeroporto de Guarulhos
Terminal de passageiros terá vãos de até 36 m e vazios internos para facilitar a visão dos usuários