IBOPE MOSTRA QUADRO ELEITORAL ESTÁVEL E MAIORIA ABSOLUTA ACREDITA EM VITÓRIA DE DILMA

 

 

 

O novo levantamento do IBOPE/REDE GLOBO demonstra que o quadro sucessório na eleição presidencial segue estável e com a novidade de que a maioria absoluta dos eleitores acredita que Dilma será reeleita.

 

Outro aspecto que merece atenção é que o candidato Eduardo Campos não cresce e, nesse levantamento, até perdeu pontos, circunstância que pode produzir um quadro eleitoral no primeiro turno de apenas dois candidatos competitivos e, assim, Dilma poderia vencer já no primeiro turno.

 

Seria um embate direto de Dilma apenas com Aécio Neves, uma espécie de plebiscito com apenas duas candidaturas onde a petista já tem quase o dobro de intenção de voto de Aécio.

 

Só se pode conceber segundo turno com 3 candidatura competitivas e, assim, o desempenho de Eduardo Campos torna-se fator fundamental para determinar a sorte da eleição.

 

 

 

Favoritismo. A maioria absoluta dos eleitores acredita que Dilma vai se reeleger em outubro. Para 16%, Aécio Neves, é o favorito na disputa. Apenas 5% acreditam que o próximo presidente será Eduardo Campos. Quase um quarto dos eleitores (24%) não soube responder à questão.

Metodologia. O levantamento do Ibope foi realizado entre os dias 18 e 21 de julho, por encomenda da Rede Globo e do jornal O Estado de S.Paulo. Foram feitas 2002 entrevistas em todas as regiões do Brasil. A margem de erro máxima é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, em um nível de confiança estimado de 95%. Ou seja, se fossem feitas 100 pesquisas idênticas a esta, 95 deveriam apresentar resultados dentro da margem de erro. A pesquisa foi registrada na Justiça eleitoral com o número BR-235/2014.